logo
Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat.
BRASÍLIA,  SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO
 

E-mail Marketing: como evitar a caixa de spam.

Na era das mensagens instantâneas, parece impensável que o e-mail marketing ainda seja uma ferramenta tão importante nos processos de comunicação da empresa com seus clientes e potenciais consumidores. Mas engana-se quem pensa que as ferramentas messengers, como o aplicativo homônimo do Facebook e o WhatsApp, são a principal dificuldade da inserção de e-mails nas campanhas publicitárias; há questões ainda mais relevantes que atrapalham o processo.

Hoje, vamos abordar a mais limitante das barreiras dos e-mail marketings: a temida caixa de spam. Driblar os sistemas de filtragem pode parecer um trabalho complexo, mas há algumas dicas que podem facilitar o seu acesso à caixa de entrada dos clientes; separamos três delas para você. Confira:

1- Tenha permissão

Enviar e-mails exige, sobretudo, responsabilidade e respeito com o seu público. Por isso, é muito importante ter permissão do destinatário para enviar seu conteúdo. Lembrando que, caso não respeite as regras globais de envio, você corre o risco de cair nas famosas Blacklists dos provedores, fazendo com que qualquer e-mail que parta do IP denunciado seja identificado automaticamente como spam. A solução é coletar leads a partir de uma landing page.

2- Estar nos contatos

Esse é um dos desafios mais difíceis: fazer com que o seu público te adicione na lista de contatos do e-mail. Para conseguir isso, é importante fornecer conteúdos interessantes, que promovam a aproximação entre o que você envia e o que o cliente quer ler. Por isso, produza sempre conteúdos relevantes, mesmo que haja uma oferta no meio dele.

3- Os assuntos são importantes

Se você é daqueles que não sabe o que escrever no campo de assunto, é um bom momento para começar a refletir a respeito. Algumas palavras são certeiras na hora que o servidor decide se enquadra o seu e-mail no spam, como “oferta”, “imperdível” ou ainda “barato”. Outras palavras podem disparar o filtro, dificultando a entrega.

Prefira assuntos objetivos, sem o uso de imperativos e que atraiam o leitor para dentro do e-mail.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e deixe o seu comentário aqui no blog!


Comente esse Post na G3